A banda

No vocal:
Renato Russo

Nome: Renato Manfredini Júnior
Nascimento: 27 de março de 1960
Site oficial: Renato Russo
Carreira solo: The Stonewall Celebration Concert (1994)
Equilíbrio Distante (1995)
O Último Solo (1997)
Coletânea Renato Russo Bis (2000)
Coletânea Renato Russo Para Sempre (2001)
Coletânea Renato Russo Identidade (2002)
Presente (2003)
Coletânea Renato Russo - O Talento
O Trovador Solitário (2008)



Na bateria:
Marcelo Bonfá

Nome: Marcelo Augusto Bonfá
Nascimento: 30 de janeiro de 1965
Site oficial: Marcelo Bonfá
Carreira solo: O Barco Além do Sol (2000)
Bonfá + Videotracks (2004)
Mobile (2007)



No baixo:
Negrete

Nome: Renato Rocha
Nascimento: 27 de maio de 1961
Site oficial: Sem site atualmente
Carreira solo: Faz shows e lançou a música "Homens de Boa Vontade"



Na guitarra:
Dado Villa-Lobos

Nome: Eduardo Dutra Villa-Lobos
Nascimento: 29 de junho de 1965
Site oficial: Dado Villa-Lobos
Carreira solo: Trilha sonora do filme Bufo & Spallanzani (2001)
Trilha sonora do filme O Homem do Ano (2002)
Jardim de cactus (2005)



Discografia da banda

Legião Urbana

De 1985

Dois

De 1986

Que País É Este - 1978/1987

De 1987

As Quatro Estações

De 1989

V

De 1991

Música P/ Acampamentos

1992

O Descobrimento do Brasil

De 1993

A Tempestade ou o livro dos dias

De 1996

Um mês depois do lançamento de "A Tempestade ou o livro dos dias" o vocalista Renato Russo morre complicações decorrentes da Aids. É decretado o fim da Legião Urbana. Mas ainda foram lançados os álbuns postumos:

Uma Outra Estação

De 1997

Mais do Mesmo

De 1998

Acústico MTV

De 1999

Como É Que Se Diz Eu Te Amo

De 2001

As Quatro Estações ao vivo

De 2004

Legião Urbana e Paralamas Juntos

De 2009

Em Livros


Conversações Com Renato Russo
Editora: Letra Livre
Ano: 1996


O Melhor de Legião Urbana
Editora: Irmãos Vitale
Ano: 1999


Renato Russo de A a Z - As Idéias do Líder da Legião Urbana
Editora: Letra Livre
Ano: 2000


Renato Russo: o Trovador Solitário
Editora: Relume Dumará
Ano: 2000


Depois do Fim: Vida, Amor e Morte nas Canções da Legião Urbana
Editora: Hama
Ano: 2004



Renato Russo & Cazuza
Editora: Malta Editores
Ano: 2008



Renato Russo - O Filho Da Revolução
Editora: Agir
Ano: 2009



Em DVD


Acústico MTV - Legião Urbana
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2001

Renato Russo Entrevistas MTV
Tempo: 90 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2006

Legião Urbana e Paralamas Juntos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2009


A dona do blog


A fã:
Li
Nome: ame_li_e poulain
Nascimento: 22 de outubro de... (não se pergunta a idade a uma dama...rs)
Site oficial: Amo Legião
E-mail: amolegiao@gmail.com
No Orkut: Amo Legião
Blog no ar desde: 14 de março de 2008
Linke-nos:







Layouts antigos

Lay de inauguração com uma das minhas fotos preferidas da Legião

Blogs, flogs e links




Aborto Elétrico
Adoro Cinema
Adoro Cinema Brasileiro
Amo Legião
Antenafobia
Aura Sexy
Bem Legaus!
Biquini Cavadão
Blog da Denise
Blog da Má
Blog da My
Blog da Sam
Blog da Shi
Blog da Xiba
Blog do André
Blog do João
Blog do Luis
Blog do Presto
Blog dos Mamonas
Blog do Thiago
Blog Gurus
Blog Legião Urbana
Blog Planeta Legião
Blythe
Bonfá
Carlos Trilha
Casa Vida
Cazuza
Dado Villa-Lobos
DVD Legião Urbana
Estante Virtual
Fã-Clube Oficial Dado Villa-Lobos
Fanlist Legião Urbana
Flog Bonfá (Lili)
Flog da Aninha
Flog Dado (Nat)
Flog da Gaby
Flog da Nad
Flog da Van
Flog Fred Nascimento (Ná)
Folha Urbana
Frases Ilustradas
Kibe Loco
Legião Futebol Clube
Legião Urbana
Nós Que Aqui Estamos Por Vós Esperamos
Planeta Legião
Renato Russo
Roquenrou
Saudade dos 80
Sociedade Viva Cazuza
Soulseek
Tantra
The Ellen's Degeneres Show
Todos Numa Só Legião
Toni Collette and the Finish
Toni Collette and the Finish - My Space
Viagem Legal

Comunidades no Orkut

Legião Urbana
Tantra
Marcelo Bonfá
Negrete não era figurante
Dado Villa-Lobos
Todos Numa Só Legião (TNSL)
Carlos Trilha fans
Eu adoro o Fred Nascimento
Fã Clube Tantra
Gian Fabra
Meu enteado Giuliano Manfredini
Tenho todos os CDs da Legião
Faço parte da Legião Urbana
Sou Legionário
Eu tenho 1 vinil da Legião!!!
Legionários & Legionárias
Meu filho ouvirá Legião Urbana
Legião Urbana canta minha vida
Legião Urbana me deixa Pobre
Eu nunca soube cantar Índios
Tia Edilamar
Jogos - Legião Urbana
Eric Russell 42th Street Band
Renato o Trovador Solitário
Renato Russo, a Peça
Eu amo Marcelo Bonfá
♫ Eu tenho amigos legionários ♫
A banda de apoio da Legião
Legião Futebol Clube
Eu tenho CD/LP da Legião Urbana
Bruce Gomlevsky em Renato Russo
Legião não era só Renato

Blinkies, cliques e gifs
















Música


Índios - Legião Urbana

Créditos

Layout por Li
Imagens do layout por Stock.xchng
Hospedagem por Blogger

[Quinta-feira, Novembro 05, 2009]



Júlia Lemmertz será mãe de Renato Russo no cinema, diz jornal
Cantor do Legião Urbana será vivido por Thiago Mendonça

Do EGO, em São Paulo

Daniel Delmiro /Ag News Júlia LemmertzA atriz Júlia Lemmertz vai interpretar a mãe de Renato Russo no filme "Somos Tão Jovens". Segundo o "Jornal da Tarde", o cantor do Legião Urbana será vivido por Thiago Mendonça, o Bernardinho da novela "Duas Caras".

O filme deve começar a ser rodado em 27 de março de 2010, em Brasília. De acordo com o jornal, a intenção do diretor Antonio Carlos de Fontoura é estrear ano que vem, quando Renato Russo completaria 50 anos.

Fonte: EGO


cantado por Li
cante você também:

[Quarta-feira, Junho 24, 2009]



"Saga de João de Santo Cristo começa a ganhar forma

Levante a mão aquele que viveu o movimento rock Brasil nos anos 80 e que nunca tenha ficado horas à frente da radiola, ouvindo e repetindo diversas vezes 'Faroeste Caboclo', até conseguir decorar a letra. A música é um dos maiores clássicos do rock nacional, lançado pela Legião Urbana, no terceiro disco da banda, 'Que País é Este?', em 1987.

Com nove minutos de duração, longa para os padrões da época, 'Faroeste Caboclo' vai dar origem a um longa-metragem com o mesmo título. Ano passado, divulgamos aqui que a verba para o filme já tinha sido liberada. E agora, a novidade é que os personagens, criados por Renato Russo em 1979, começam a ganhar 'forma', com o início da escolha do elenco.

Até o momento foram realizados testes em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Já em Brasília, onde se passa a maior parte da saga de João de Santo Cristo, os testes para a definição dos atores acontecem em julho.

De acordo com o produtor Marcelo Maia, da República Pureza Filmes, as locações no Distrito Federal já foram escolhidas, mas ainda não há previsão de filmagens. Por enquanto, diretor e produtores estão selecionando atores para interpretar Maria Lucia, Pablo, Jeremias e o protagonista da história, João de Santo Cristo, que será retratado como adolescente e adulto.

'Faroeste Caboclo' é uma co-produção Gávea Filmes, Europa Filmes, República Pureza Filmes e Globo Filmes, com orçamento de R$ 6 milhões. Segundo a produtora Bianca de Felippes, o filme será ambientado no final dos anos 70, época em que Renato Russo escreveu a canção, e o roteiro vai ser fiel aos 159 versos da letra.

O filme tem roteiro de Paulo Lins (o mesmo de 'Cidade de Deus') e direção do brasiliense René Sampaio ('Sinistro') e a previsão de lançamento é só para outubro de 2010."

Fonte: Vitrola News


cantado por Li
cante você também:

[Segunda-feira, Junho 08, 2009]





Renato Russo - O Filho Da Revolução

ISBN: 8522009074
ISBN-13: 9788522009077
Autor: Carlos Marcelo
Editora: Agir
Livro em português
Brochura - 24 x 17 cm 1ª Edição - 2009
Sinopse: O livro traz muitas informações sobre Renato Russo, lider da 'Legio Urbana'. A vivência do músico na capital controlada pelos militares pela primeira vez reconstituda em detalhes. Letras inéditas e documentos descobertos pelo autor revelam aspectos pouco conhecidos da trajetória do artista - paixões, angústias, sonhos e confissões. A obra conta com mais de cem entrevistas, incluindo depoimentos de Dado Villa-Lobos, Dinho Ouro-Preto, Herbert Vianna, Millor Fernandes, Ney Matogrosso, Tony Bellotto e amigos anônimos. Um retrato do artista multifacetado que foi Renato Russo.

Fonte: Livraria Cultura


cantado por Li
cante você também:

[Quarta-feira, Junho 03, 2009]



"DVD ‘Legião Urbana e Paralamas Juntos’ é artigo para fãs

Especial exibido pela Globo apenas uma vez em 1988 sai agora pela EMI. Extras incluem shows no ‘Globo de Ouro’ e clipe do ‘Fantástico’.

Lígia Nogueira - Do G1, em São Paulo

Tony Ramos admite não conhecer muito, mas confessa estar “descobrindo coisas ótimas no som deles”. Já Fernando Gabeira elogia a musicalidade e a pesquisa sonora. Carlos Lombardi, autor da novela “Bebê a Bordo”, destaca o caráter urbano dos grupos. Mas é Bussunda quem resume tudo com seu humor sarcástico: “Rock and roll é isso: é garra, força, luta!”. Do ator ao humorista, depoimentos de personalidades que despontavam nos anos 80 se costuram a faixas clássicas dos Paralamas do Sucesso e da Legião Urbana, duas bandas que estavam no auge de suas carreiras, no DVD “Legião Urbana e Paralamas Juntos”.

Exibido pela TV Globo apenas uma vez em 1988, o programa sai agora pela EMI, com um CD bônus incluído (R$ 50, em média). O especial dirigido por Jodele Larcher e produzido por Carlos Alberto Sion pode soar um pouco deslocado hoje - duas décadas e muitos cliques de MySpace depois – mas ainda funciona como artigo de interesse para os fãs. Quem não tem urticária só de ver Renato Russo enrolado em seu cachecol de lã cantando “Tédio” ou “Tempo perdido” certamente vai desfrutar de bons momentos.

O programa abre com “The song remains the same”, do Led Zeppelin, seguida pelos primeiros acordes de “Purple haze”, de Jimi Hendrix. “Ska”, dos Paralamas, se transforma em “Get back”, dos Beatles. O rock clássico dá as caras e alinhava as referências musicais dos artistas, que terminam cantando “Ainda é cedo”, todos juntos, mas não sem antes emendarem versos de “Jumpin’ Jack Flash”, dos Rolling Stones.

“Foram os Paralamas que abriram caminho pra gente”, revela Renato Russo, na introdução de “Depois que o Ilê Passar”, clássico carnavalesco do tradicional bloco de Salvador interpretado por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone.

A performance do trio, aliás, mostra que, se a Legião saía na frente no quesito catarse coletiva (em junho daquele mesmo ano, Renato Russo e companhia levaram 50 mil pessoas ao estádio Mané Garrincha, em Brasília, num evento que terminou com mais de 200 feridos), os Paralamas ganhavam em desempenho musical. A versão enérgica de “Alagados” está aí para quem quiser (re)ver.

A maior raridade, segundo consta, é o clipe de “Que país é este” feito especialmente para o “Fantástico”, que faz parte dos extras do DVD, junto com números apresentados no lendário programa “Globo de Ouro” – a exemplo de “Melô do marinheiro” e “Soldados”. Mas o sempre controverso Renato Russo também rende ótimas aspas. “A relação a dois é melhor quando o jogo do poder inexiste” está entre elas."

Fonte: Globo.com


cantado por Li
cante você também:

[Terça-feira, Maio 26, 2009]





Passeando pelo site de videos You Tube achei algumas montagens e animações com músicas da Legião. Selecionei algumas interessantes:

Legião Urbana - Índios (editado) - por Malombado
Legião Urbana - Geração Coca- Cola (editado) - por Malombado
Que país é esse? [animação] - por youvitor
Pais e Filhos Legião Urbana Animação - por MarinaManso1
Eduardo e Mônica (redação) - por mauricio10friend
Geração Coca-Cola Bonekinhos Dançando - por MarinaManso1
Clipe Humorado de Faroeste Caboclo - por luisdefaria
Eduardo e Monica - por oitavaalfa
Geração Coca Cola - Legião Urbana - por willianhenriquealves
Legião Urbana - Geração Coca Cola - por ricardolliveira
Dezesseis - Legião Urbana - por willianhenriquealves
A Via Láctea - Legião Urbana - por HerberthJason
Legião Urbana-Mil Pedaços - por 98765011


cantado por Li
cante você também:

[Segunda-feira, Abril 27, 2009]



Show raro de Paralamas e Legião Urbana é registro histórico dos anos 80

"RIO - Em 1988, Cláudia Abreu ainda não tinha 18 anos, Bussunda acabara de estrear como um dos redatores do humorístico 'TV Pirata' e Tony Ramos protagonizava a novela 'Bebê a bordo', de Carlos Lombardi. E todos ouviam sem parar Os Paralamas do Sucesso e Legião Urbana. No auge da febre do rock Brasil, a Rede Globo promoveu um encontro até então inédito entre as bandas. Foi ao ar uma única vez, em 3 de setembro daquele ano. Relançado agora em DVD pela gravadora EMI, o registro histórico é também um viagem no tempo sem escalas, rumo aos anos 80. Basta reparar no 'visual' dos convidados especiais do programa e nos elogios dirigidos por eles aos dois grupos.

Na época, Paralamas e Legião estavam entre os artistas mais populares do Brasil.

- É uma manifestação dessa época. Eu mesmo, que não tenho esse (suspiro) pique (risos), fui descobrindo nas letras e nas manifestações deles coisas ótimas - declara Tony Ramos, então com 40 anos.

Esse 'pique' a que o ator se refere é um eufemismo para o furor com que a Legião de Renato Russo e os Paralamas de Herbert Vianna defendem suas músicas no show gravado no lendário Teatro Fênix. Batizado 'Paralamas e Legião Juntos', o especial passa ao largo da memória mais infantilizada da década e abre espaço para os questionamentos de Renato e Herbert, então com 28 e 27 anos, respectivamente.

- Será que o casal é realmente a melhor forma de relacionamento? - provoca Herbert.

- A gente tenta não se envolver muito com a 'máquina' para não se perder - declara Renato.

A estrutura do programa, dirigido por Jodele Larcher e com direção geral de Roberto Talma, é simples. Alterna números musicais e depoimentos sobre os grupos do início ao fim. O deputado federal Fernando Gabeira surge, de cabelo armado e máquina fotográfica no pescoço, relacionando as letras da Legião ao cenário de abertura política. A ditadura militar havia terminado em 1985, mas os brasileiros só votariam para presidente no ano seguinte. Enquanto isso, Renato perguntava 'que país é este?' enquanto listava as mazelas brasileiras, 'nas favelas, no Senado'.

Carlos Lombardi, que fazia sucesso com a trama cômica de 'Bebê a bordo', classifica as bandas como 'modernas e interessantes, a cara do Brasil de hoje, urbano'. Na plateia, as atrizes Claudia Abreu, Malu Mader e Silvia Buarque eram filmadas fazendo passinhos de new wave. Os cabelos, as estampas, as ombreiras e até os óculos dos espectadores denunciam claramente a que época eles pertencem.

No palco, os grupos improvisaram um duelo de hits: Legião acelerada e suja com 'Será', os Paralamas precisos e pesados com 'O beco'. Em 1988, os Paralamas tinham lançado seu quinto disco, 'Bora Bora', em que davam continuidade aos experimentos com ritmos brasileiros iniciados em 'Selvagem?', de 1986. E a Legião, com três discos no currículo, consolidava-se em torno da figura mítica de Renato Russo - em junho daquele ano, uma desastrada apresentação da banda em Brasília terminou com tumulto e 200 feridos. Bussunda não perdeu a chance de fazer piada:

- Gostaria muito de ter ido ao show da Legião Urbana em Brasília. Rock'n'roll é isso: é garra, é força, é luta! - debochou.

Juntos, mesmo, só uma interpretação de 'Nada por mim' e o encerramento com 'Ainda é cedo', com direito a 'Jumpin' Jack Flash', dos Rolling Stones, como música incidental. Nos extras, há um festival de playbacks das bandas no programa 'Globo de Ouro' (o baterista João Barone dublando a si mesmo em 'Melô do marinheiro' está impagável) e um clipe raro de 'Que país é este' gravado pela Legião para o 'Fantástico'. Além do DVD, o pacote vem com um CD bônus, com o áudio das 13 músicas do show."

Fonte: O Globo


cantado por Li
cante você também:

[Quarta-feira, Abril 22, 2009]



O retrato do artista quando jovem
Ricardo Schott

"Para se transformar em Renato Russo no cinema, o ator Thiago Mendonça está fazendo corridas na Lagoa para perder peso e também está se arriscando ao violão. A imersão no personagem, no entanto, não será tão simples como mimetizar o líder da Legião Urbana no palco. Somos tão jovens, que Antonio Carlos da Fontoura começa a rodar em setembro, é focado no período entre a adolescência e o começo da idade adulta do artista, fase em que o cantor construiu a persona eternizada em suas canções e performances. Época presenciada pela família e por grandes amigos, em que o artista criava bastante e planejava seu sonho de se tornar um astro do rock, exposto em alguns manuscritos.
– Até a época do Aborto Elétrico não havia Renato Russo, e sim o Juninho (de Renato Manfredini Junior, nome do cantor). E ele era quase um geek, um cara muito culto, que sabia de muitas coisas antes de todo mundo – aponta Fontoura, diretor de Copacabana me engana (1968) e Gatão de Meia-Idade (2006). – Ele passou dois anos numa cadeira de rodas, com uma doença chamada epifiólise. Nessa época, escrevia cadernos em que criava uma banda fictícia chamada The 42nd Street Band, na qual era o líder e se chamava Eric Russell. Como esse rapaz se tornou o porta-voz de sua geração? É do que trata o filme, que se encerra com a vinda da banda para o Rio, em 1984, para abrir um show para o Lobão no Circo Voador.
Aos 28 anos, mas aparentando bem menos, Mendonça foi indicado a Fontoura por Fernanda, mulher de Dado Villa-Lobos, guitarrista da Legião. Além dele, Marjorie Estiano também vai estar na produção, no papel de Ana Cláudia, um misto das três melhores amigas que Russo tinha na adolescência.
– É ótimo interpretar um adolescente. É uma fase em que se tem questionamentos e eu, até hoje, tenho os meus – empolga-se o ator, que conta com a ajuda de Carlos Trilha, ex-colaborador da Legião e produtor musical do filme, nas cenas em que terá de soltar a voz. – Ele vai trabalhar algumas bases de voz de Renato e devo dublá-las. Mas vou aprender a cantar também.
A experiência de ter interpretado o sertanejo Luciano em Dois filhos de Francisco, diz Mendonça, está sendo útil.
– Eles habitam mundos diferentes. Mas, nos dois, é preciso um trabalho para evitar uma atuação superficial – acredita o ator. – Uma coisa é o Renato no palco, outra é sua vida pessoal.
Fontoura também conta com a ajuda de um amigo de Russo, Luiz Fernando Borges, co-roteirista e produtor do filme. Produtor musical, Borges conheceu Russo quando a banda fazia as fotos da capa do primeiro LP, em 1984. Além de ter sugerido a história, ele fez a ponte com a mãe e a irmã do cantor. E diz que, por mais que o lado mítico seja preponderante para os fãs, as fraquezas do ídolo também aparecem.
– Ele brincava dizendo que era um urubutango, uma mistura de urubu com orangotango – recorda Borges. – Ele se achava feio, não entendia como seria um astro do rock assim.
Fã da Legião, Fontoura quer radiografar também o período em que o Aborto Elétrico, embrião do grupo, começou em Brasília.
– Renato só começou a acreditar que podia ser um astro ao conhecer o movimento punk. Viu que não precisava ser bonito nem um grande músico – expõe o diretor. – Vamos mostrar uma época em que Brasília não tinha shopping e havia um bando de garotos com acesso à música de fora. A única coisa que podiam fazer era montar uma banda.
A equipe de Somos tão jovens foi à capital federal no ano passado fazer uma pesquisa de locais marcantes na trajetória do cantor – entre eles o campus da Universidade de Brasília, conhecido como colina, frequentado pela geração de músicos formada nos anos 70 e 80. A previsão de lançamento é para o ano que vem.
– Além de nos defrontarmos com várias versões da história, sei da expectativa dos fãs sobre a obra – comenta Fontoura. – Só não quero fazer um "a vida como ela é".
Segunda-feira, 30 de Março de 2009 - 00:00"

Fonte: Jornal do Brasil


cantado por Li
cante você também:

[Segunda-feira, Abril 20, 2009]



DVD da Legião com Paralamas sai esse mês

"Finalmente chegará ao mercado mais um título de DVD com o nome da Legião Urbana. O especial "Legião Urbana e Paralamas Juntos" (capa acima), que foi veiculado pela Rede Globo em 1988, ganhará edição digital até o final desse mês, via Emi Music.

Além do especial que agrega 13 músicas, entre sucessos como "Será", "O Beco", "Que País É Este?" e "Meu Erro", haverá mais sete músicas das duas bandas gravadas no extinto programa "Globo de Ouro", que foi ao ar pela mesma Rede Globo, nos anos 80. O videoclipe de "Que País É Este", feito para o programa "Fantástico", também faz parte do DVD.

Um CD com a gravação do áudio do especial "Legião Urbana e Paralamas Juntos", que foi gravado no Teatro Fênix, fechará o pacote.

E que esse DVD abra caminho para a Legião Urbana colocar nas lojas o vídeo "Como É Que Se Diz Eu Te Amo", que foi gravado pela Rede Bandeirantes, e é considerado um dos principais shows da história do Rock Brasil.

Abaixo segue a relação de músicas de "Legião Urbana e Paralamas Juntos":

DVD:
1) Abertura
2) "Será" - Legião Urbana
3) "Meu Erro" - Os Paralamas Do Sucesso
4) "Tédio (Com Um T Bem Grande Pra Você)" - Legião Urbana
5) "Depois Que O Ilê Passar" - Os Paralamas Do Sucesso
6) "Tempo Perdido" - Legião Urbana
7) "Alagados" - Os Paralamas Do Sucesso
8) "O Beco" - Os Paralamas Do Sucesso
9) "Que Pais É Este" - Legião Urbana
10) "Nada Por Mim" - Os Paralamas Do Sucesso/Legião Urbana
11) "Dois Elefantes" - Os Paralamas Do Sucesso
12) "Eu Sei" - Legião Urbana
13) "Ainda É Cedo" / "Jumpin' Jack Flash" - Legião Urbana/Os Paralamas Do Sucesso

Extras do DVD:
1) "Melô Do Marinheiro" (Globo De Ouro) - Os Paralamas Do Sucesso
2) "Tempo Perdido" (Globo De Ouro) - Legião Urbana
3) "Alagados" (Globo De Ouro) - Os Paralamas Do Sucesso
4) "Soldados" (Globo De Ouro) - Legião Urbana
5) "SKA" (Globo De Ouro) - Os Paralamas Do Sucesso
6) "Será" (Globo De Ouro) - Legião Urbana
7) "Óculos" (Globo De Ouro) - Os Paralamas Do Sucesso
8) "Que País É Este" (Videoclipe - Fantástico) - Legião Urbana

CD:
1) "Será" - Legião Urbana
2) "Meu Erro" - Os Paralamas Do Sucesso
3) "Tédio (Com Um T Bem Grande Pra Você)" - Legião Urbana
4) "Depois Que O Ilê Passar" - Os Paralamas Do Sucesso
5) "Tempo Perdido" - Legião Urbana
6) "Alagados" - Os Paralamas Do Sucesso
7) "O Beco" - Os Paralamas Do Sucesso
8) "Que Pais É Este" - Legião Urbana
9) "Nada Por Mim" - Os Paralamas Do Sucesso/Legião Urbana
10) "Dois Elefantes" - Os Paralamas Do Sucesso
11) "Eu Sei" - Legião Urbana
12) "Ainda É Cedo" / "Jumpin' Jack Flash" - Legião Urbana/Os Paralamas Do Sucesso"

Fonte: Esquina da Música
Já na pré-venda no site: Saraiva.com.br


cantado por Li
cante você também:

[Sexta-feira, Abril 03, 2009]



Olá legionários...
Vim apenas tirar a poeira desse bloguitcho... Fiz um novo lay pra esse blog...
Carmem Tereza Manfredini, irmã de Renato (Russo) está cantando com a banda Tantra (formada por ex-integrantes da banda de apoio da Legião).
A música "Luz do Dia", está no perfil do Orkut de Carmem e no site oficial do Tantra .
A Legião Urbana finalmente ganhou um cantinho. Ainda em que versão beta com apenas um video e uma pesquisa, está no ar o site da Legião:
www.legiaourbana.com.br
Outra novidade é que o meu fotolog com fotos do Marcelo Bonfá está de volta. Acessem: Fotolog Marcelo Bonfá
No mais... É isso...
Força sempre a todos!!!
Beijos, Li

Abaixo segue uma matéria:



"Irmã de Renato Russo aposta na carreira de cantora e foge das comparações

Nem bem estreou carreira artística, a brasiliense Carmem Manfredini, de 46 anos, já se depara com protestos. "A música (Luz do dia, primeira faixa de trabalho, já disponibilizada na internet) até que não é ruim, mas este negócio de filho, irmã ou até mesmo amigos querendo pegar fama nas costas dos outros", protestou um rapaz no site www.tantra.art.br, ao tomar conhecimento de que a irmã de Renato Russo será a nova vocalista da banda carioca Tantra. "Depois ele pediu desculpas", conta a intérprete, que também coleciona comentários favoráveis no mesmo endereço, do tipo "sua voz melodiosa, suave está em agradável harmonia com a banda" e "além de cantar maravilhosamente é cheia de atitude".

Segundo Carmem, ela sempre foi muito reclusa em relação ao próprio canto porque Renato Russo enveredou pela carreira artística muito cedo. "Aos 15 anos, ele já projetava uma banda, além de cantar desde os 5", recorda a cantora, que, tímida e recatada, preferia cantar no banheiro e no próprio quarto, para ninguém ouvir. Mas ela acabou absorvendo tudo, a ponto de achar que se expressava por meio do irmão. Mais nova que Renato três anos, enquanto o irmão estreava dando voz à banda Aborto Elétrico, seguida do fenômeno Legião Urbana, Carmem ingressava em um coro sinfônico comunitário da Universidade de Brasília (UnB). "Foi maravilhoso, fiquei uns sete anos seguidos no coro e me lembro do orgulho do meu irmão quando soube que íamos nos apresentar no Carnegie Hall, de Nova York", afirma a intérprete, que, em meio ao trabalho, ainda participaria da criação do grupo vocal Spirituals de Porco, que cantava à capela.

EMOCIONAL

Amante do jazz e do blues, além da MPB, sem pressa Carmem Manfredini foi planejando a carreira até que, no ano passado, recebeu convite de Marcelo Fróes para dar voz a Rocky raccon, na celebração brasileira dos 40 anos de lançamento do Álbum branco, dos Beatles. "Acho Carmem uma excelente intérprete. Descobri que ela cantava quando me falou do grupo de spirituals, que tinha em Brasília. Ela me enviou, porque insisti muito, uma cópia de um CD demo que haviam feito e fiquei impressionado com sua interpretação em Jesus as all", afirma Marcelo. "Carmem tem a música nas veias, não necessariamente o rock", pondera o pesquisador e produtor. "O bacana de tudo isso é que não existe comparação alguma a ser feita entre ela e o irmão", acredita. "Eu a aproximei do Tantra porque são excelentes músicos, grandes amigos e Carlos Trilha um excelente produtor", completa Marcelo Fróes.

Na opinião do guitarrista Gian Fabra, do Tantra, Carmem desenvolveu um jeito de interpretar que faltava à banda. "Percebo nela uma forte influência do blues, mas o importante é que ela chega para agregar a intérprete à Tantra. Carmem cria um universo emocional com a sua forma de cantar", acrescenta o guitarrista, que diz ter ficado literalmente "chapado" ao descobrir que ela cantava. A facilidade de entrosamento entre a banda carioca e a vocalista brasiliense se deve ao fato de eles serem velhos conhecidos. O trio formado por Gian Fabra (na época no baixo), Fred Nascimento (violão e guitarra) e Carlos Trilha (teclados) tocou como apoio na turnê do álbum Descobrimento do Brasil, da Legião Urbana, além de gravar os dois celebrados discos solo de Renato Russo.

ESTREIA

Foi à época que, segundo Gian Fabra, surgiu a ideia de criação da Tantra, que lançou os álbuns Tantra, de 1996, e A febre dos sonhos, do ano passado, antes do esperado O fim da infância, que vai marcar a estreia da vocalista, prevista para maio. Antes de Carmem, quem dava voz à Tantra era Fred. Além de Luz do dia, o repertório de 10 faixas inclui Mar nos olhos, uma balada black, que, segundo Gian, tem tudo para se tornar um hit. A releitura de um clássico de Marina Lima com o irmão Antonio Cícero é guardada a sete chaves pela banda.

Se Maria Rita demorou a assumir a carreira de intérprete, diante da "sombra" da mãe Elis Regina, a ex-professora de inglês Carmem Manfredini praticamente viveu o mesmo diante do parentesco com o mito Renato Russo. A aproximação da cantora dos rapazes da Tantra se aprofundou na gravação de Rocky raccon, da qual todos eles participaram a convite de Marcelo Fróes. Se é ou não é rock’n’roll, isto ela afirma que vai ver na estrada. "Vamos aos poucos. Tenho alguma cancha de palco, mas com trabalho totalmente diferente, mais calmo. Como os meninos já têm trabalho de anos e muitos fãs, uma das estratégias talvez seja a gente fazer um show meio a meio", sugere ela, enquanto vai se assumindo artista.

"O rock não deixa de estar na minha veia porque o ouvi muito por meio de meu irmão", reconsidera Carmem, que diz ter sido influenciada por Renato Russo em praticamente tudo. "A primeira vez que eu ouvi Beatles e o próprio Álbum branco foi por causa dele", recorda, salientando a presença do pai, que, ao levar os Manfredini para os Estados Unidos, acabou colocando o jazz no seio da família. Além do jeito de falar parecidíssimo com o do irmão, a contralto – Renato Russo era tido como barítono ligeiro – de timbre de voz levemente grave recorda que, durante a permanência no coro comunitário de Brasília, ela foi tenorina, para ajudar o naipe então pequeno de tenores.

"Adoro blues, jazz e folk. Adoro esta coisa das divas do jazz", derrete-se a fã de Ella Fitzgerald ("a voz e a dicção mais perfeitas do jazz") e de Johnny Mitchell. No Brasil, Carmem Manfredini diz gostar muito de Silvinha Telles, a musa inaugural da bossa nova, que considera uma cantora excepcional. "Acho a Leila Pinheiro uma cantora perfeita também. Assim como Zizi Possi, Clara Nunes." Preparando-se para a nova etapa, a cantora vai mudar para o Rio sem se esquecer de Brasília, cidade que, em sua opinião, conseguiu levar toda uma geração independente do rock para o mainstream. "Por mais que meu irmão, o pessoal da Plebe Rude e outros representantes daquela geração tenham caído na coisa da indústria fonográfica grandiosa, eles ainda mantêm o feeling", elogia, não poupando críticas ao atual mainstream do rock. "Melodia pode ser até que eles tenham, mas as letras não são boas. Há muita futilidade na voz de uns garotos bonitinhos por aí. Não sei se isso será durável."

MUNDO ALTERNATIVO

Enquanto a irmã, Carmem Manfredini, assume a carreira artística, o filho de Renato Russo, Giuliano Manfredini, de 20 anos, troca o palco pelos bastidores. Ex-guitarrista da banda Síndrome, ele agora é produtor cultural, investindo na realização de shows, festas, exposições e outros eventos, além, claro, de novas bandas.

"Estou muito mais feliz como produtor, levo jeito para a coisa", confessa o rapaz, que gosta de resumir a mensagem de vida do pai em um único verso: "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã", canta um trecho do hit Pais e filhos. "Temos de tratar as pessoas sempre bem, independentemente de quem sejam, de sua cor ou opção sexual", prega Giuliano.

"Por enquanto, continuo no mundo alternativo, não sei se vou para o mainstream, em que não acredito", afirma. "Com a quebradeira das gravadoras, o futuro está no mercado alternativo", garante. De olho na produção da própria geração ele divulga e-mail (mundano.prod@hotmail.com) para os interessados. "Podem encaminhar material pra gente. Quem sabe não conseguimos fazer um intercâmbio de bandas entre Brasília e Minas?", provoca Giuliano, cheio de planos."

Fonte: Uai


cantado por Li
cante você também:

[Domingo, Dezembro 07, 2008]



ILUSTRADA 50 ANOS: 1996 - Morre Renato Russo

"A Ilustrada de 12 de outubro de 1996 foi dedicada especialmente à morte do cantor e compositor Renato Russo, líder da banda Legião Urbana. Ele morrera no dia anterior de complicações causadas pela Aids, doença que nunca assumiu publicamente.

Em seis páginas, o caderno presta uma homenagem a Russo.

Ele era considerado um dos maiores compositores do rock brasileiro, por meio de fotos e depoimentos de familiares, amigos e fãs.

Marcelo Rubens Paiva relembra da relação com "Alfredinho", como o brasiliense gostava de se apresentar.

Lobão escreve uma "Carta para um amigo morto".

Depoimentos de Caetano Veloso, Cássia Eller, entre outros nomes da música brasileira.

Cronologia, discografia e uma análise entre a relação do artista com Brasília, onde ele viveu, também se encontram no especial.

"Desde o final das gravações do último CD da banda, "A Tempestade", Renato Russo havia se trancado em casa. Há cerca de três meses, entrou num processo de depressão profunda e começou a sofrer de anorexia (doença que leva à perda de apetite)", informa o texto "Russo se recusava a comer e a falar com amigos em seus últimos dias".

A reportagem fala sobre o duro período de depressão que o vocalista do Legião Urbana viveu, com impressões de familiares e pessoas próximas ao cantor. Um texto publicado na mesma página fala do apoio que os fãs deram ao cantor."

Fonte: Folha On Line


cantado por Li
cante você também:



Shows do Dado em MG 18, 19 e 20/12
18 de Dezembro /2008 (quinta-feira): Belo Horizonte/MG
Show: Jardim de Cactus e os Grandes Sucessos da Legião
Local: Status Café Arte e Cultura
Endereço: Rua Pernambuco – 1150 – Savassi – Belo Horizonte – MG.
Ingressos limitados
Informações: (31) 3261-6045

19 de Dezembro /2008 (sexta-feira): Bocaiúva/MG
Show: Jardim de Cactus e os Grandes Sucessos da Legião
Local: Boate Casarão
Endereço: Guarda Mor Alquimim - Bocaiúva – MG.
Ingressos a partir de R$ 10,00
Informações: (31) 3261-6045

20 de Dezembro /2008 (sábado): Montes Claros/MG
Show: Jardim de Cactus e os Grandes Sucessos da Legião
Local: Parrilha Cervejaria e Grelhados
Endereço: Av. Deputado Esteves Rodrigues, 707 – Centro – Montes Claros - MG.
Ingressos a venda no local.
Informações: (38) 9102-4168


cantado por Li
cante você também:



Links:

Marcelo Bonfá 1
Marcelo Bonfá 2
Marcelo Bonfá 3
Marcelo Bonfá 4


Mauro Mendonça Filho e Bruce Gomlevsky falam de espetáculo Renato Russo


cantado por Li
cante você também:



Legião Urbana, o Retorno

Orfãos de Renato Russo, segurem os nervos. O Legião Urbana pode voltar a fazer shows pelo país no ano que vem, com Toni Platão como vocalista. O próprio Marcelo Bonfa, baterista da banda, soltou a bomba. Também contou que ele e Dado Villa Lobos, guitarrista, vão ao Uruguai, dia 10, para participar de um tributo ao grupo.
Marco Bezzi

Fonte: Jornal da Tarde



cantado por Li
cante você também:

[Sexta-feira, Setembro 26, 2008]



Acordo põe fim em discussão sobre adaptação da música “Faroeste Caboclo”

A discussão sobre a adaptação da letra da música Faroeste Caboclo pela
produtora Copacabana Filmes, que tramitava no STJ (Superior Tribunal
de Justiça), chegou ao fim depois de um acordo entre os herdeiros do
autor Renato Russo e a gravadora Edições Musicais Tapajós, do Rio de
Janeiro.

A gravadora diz que há 20 anos é dona dos direitos autorais da obra de
Renato Russo e afirma que o espólio do artista e a Legião Urbana
Produções Artísticas não poderiam ter negociado a adaptação sem sua
permissão.

De acordo com o STJ, a gravadora entendia ser a única legítima
"titular de todas as prerrogativas patrimoniais sobre a obra
lítero-musical `Faroeste Caboclo' compreendendo, logicamente, a
respectiva letra".

O Superior Tribunal de Justiça havia negado o pedido de liminar na
medida cautelar apresentada pela gravadora, que pediu reconsideração
da decisão. O ministro Luis Felipe Salomão, da 4ª Turma do tribunal,
extinguiu a medida cautelar pois, de acordo com a informação
disponibilizada pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), em
uma ação ordinária, foi homologado um acordo e julgado extinto o processo.

Assim, ele extinguiu a medida cautelar em trâmite no STJ pois a
análise do caso ficou prejudicada diante do acordo.

Fonte: Revista Jurídica Última Instância


cantado por Li
cante você também:



Titãs e Renato Russo terão histórias exibidas no cinema

O documentário Titãs, a Vida até Parece uma Festa, dirigido por Branco Mello e Oscar Rodrigues Alves, estará na mostra competitiva do Festival do Rio 2008, que começou ontem e segue até o dia 9 de outubro. Outro filme dos mais esperados por fãs dos anos 80 é o que conta a história de Renato Russo, o líder da Legião Urbana. Enquanto a adaptação para o cinema da canção Faroeste Caboclo acaba de ser liberada pela Justiça, o longa do diretor Antonio Carlos da Fontoura, Somos Tão Jovens, acabou de ser contemplado pelo BNDES como um dos 18 projetos de filmes que receberão juntos R$ 12,45 milhões.

Somos Tão Jovens contará a história de um jovem Renato Russo entre os anos de 1976 e1982, período em que o cantor deu as caras pela primeira vez com a banda Aborto Elétrico, se apresentou como Trovador Solitário e decidiu, com Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá e Renato Rocha, formar a Legião Urbana. Sua estréia está prevista para 2009 e a produção foi contemplada com R$ 700 mil pelo BNDES.

Já as filmagens de Titãs, a Vida Até Parece uma Festa começaram no início da década de 80, quando Branco Mello comprou uma câmera VHS para registrar tudo o que acontecia com os Titãs nos shows, estúdios, quartos de hotéis, aeroportos, ensaios. Por mais de duas décadas, Branco e seus companheiros captaram e arquivaram sons e imagens em vários formatos. As informações são do Jornal da Tarde.

Retirado do site: Yahoo Notícias


cantado por Li
cante você também:

[Sábado, Junho 28, 2008]



CD com gravação caseira de Renato Russo sai em julho

Desde a morte de Renato Russo, 12 anos atrás, sete discos e dois DVDs póstumos foram lançados (dele e da Legião Urbana). Mas a fonte ainda não secou. Em julho, chega às mãos dos fãs 'O Trovador Solitário', CD que reunirá 11 faixas gravadas ao violão por ele em 1982, em casa, bem antes de fazerem sucesso - entre elas, Faroeste Caboclo, Eu Sei (que se chamava 18 e 21), Eduardo e Mônica e Dado Viciado. A iniciativa é do pesquisador musical Marcelo Fróes, que era amigo de Renato (o CD sai por seu selo, o Discobertas; a distribuição será feita pela Coqueiro Verde Records).
O material do disco foi registrado por Renato aos 22 anos, em sua casa, em Brasília, com um gravador portátil - estava numa fita cassete, cujo áudio foi remasterizado. "O áudio está muito bom, não muito diferente do que obtivemos para algumas faixas incluídas no CD Renato Russo Presente, em 2003", conta Fróes. O disco a que ele se refere trouxe quatro canções inéditas e trechos das últimas entrevistas concedidas por Renato (ele morreu, em decorrência da aids, em 11 de outubro de 1996).
Uma faixa de Presente que se repete neste CD é Boomerang Blues ('Tudo o que você faz/Um dia volta pra você/ E se você fizer o mal/Com o mal mais tarde você vai ter de viver'), composição de Renato que, em 2003, foi finalizada com a participação de integrantes do grupo Blues Etílicos. O título O Trovador Solitário foi escolhido porque foi assim que ele passou a se autodenominar depois de deixar sua primeira banda, o Aborto Elétrico - foi também o escolhido para a biografia do compositor que o jornalista Arthur Dapieve lançou em 2000.
Fróes não liberou audições do CD e não revela quais são suas outras faixas - quer fazer surpresa para a grande legião de órfãos de Renato. "Acho que (o impacto nos fãs) será muito grande, pois vai registrar oficialmente um momento muito importante de Renato, entre o fim do Aborto e a fundação da Legião, quando ele era 'o trovador solitário' e tocava de voz e violão por aí", acredita. O lançamento do CD foi marcado por ocasião do Dia Mundial do Rock, comemorado em 13 de julho.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo


cantado por Li
cante você também:

[Terça-feira, Maio 06, 2008]



Duas Caras do Mito

Vem dos versos de "Tempo perdido" o título do filme que vai contar a história de Renato Russo. E vem da novela das oito seu protagonista. "Somos tão jovens", que começa a ser rodado ainda este ano, vai trazer Thiago Mendonça, o Bernardinho de "Duas caras", na pele do ídolo do rock brasileiro. A sugestão do nome do ator foi de Luiz Fernando Borges, o melhor amigo do líder da Legião Urbana.
— Estava procurando um ator quando ele pediu para eu ligar a TV na novela porque ali estava meu Renato Russo. Fiquei impressionado com a semelhança — conta Antonio Carlos da Fontoura, diretor e roteirista do filme.
O longa terá Brasília como cenário e vai mostrar a vida de Renato, dos 16 anos, quando ele estava numa cadeira de rodas, aos 22, idade que marcou o início de seu sucesso. O título do filme, que se chamaria "Religião urbana", foi trocado a pedido da mãe do cantor, Maria do Carmo Manfredini.
— Ela disse que Renato odiaria. Ele não gostava que cultuassem a Legião. A idéia do novo título foi dela — diz Fontoura.
Além do sucessos da banda, a trilha sonora contará com músicas inéditas do cantor. Letras encontradas num caderno serão musicadas.

fonte: O Extra


cantado por Li
cante você também:

[Sexta-feira, Abril 18, 2008]





Marcelo Bonfá

3 de maio de 2008
LONDON PUB - Uberlândia-MG

Dado Villa-Lobos

Show de Dan Nakagawa com participação do Dado
dia 22/04 (terça feira) as 21h
TEATRO CROWNE PLAZA (r. frei caneca 1360, SP)

Arte Profana

A banda Arte Profana estará realizando mais um tributo à nossa Legião Urbana na Lona Cultural de Realengo - RJ.
Os 400 primeiros convites estarão sendo vendidos a R$ 10,00 (inclusive na hora).

Tantra

DIA 17 DE ABRIL- CINEMATHEQUE
Ingresso: R$20,00 | Lista Amiga: R$ 15,00
Escreva para: lista.amiga@tantra.art.br
O CD será vendido por R$ 10,00 na hora do show!


cantado por Li
cante você também:

[Sábado, Abril 12, 2008]



Fotinhos do show que o Bonfá fez no Sofitel Copacabana Hotel














cantado por Li
cante você também:

[Quarta-feira, Abril 02, 2008]




O Descobrimento Do Brasil

Ela me disse que trabalha no correio
E que namora um menino eletricista
Estou pensando em casamento,
Mas não quero me casar.
Quem viu a tua alma entrar?
Quem são teus inimigos?
Quem é de tua cria?
A professora Adélia,
A tia Edilamar
E a tia Esperança.
Ser que você vai saber
O quanto penso em você com o meu coração?
Quem está agora a teu lado?
Quem para sempre está?
Quem para sempre estar?
Ela me disse que trabalha no correio
E que namora um menino eletricista
As famílias se conhecem bem
E são amigas nesta vida.
Ser que você vai saber
O quanto penso em você com o meu coração?
A gente quer é um lugar prá gente
A gente quer é de papel passado
Com festa, bolo e brigadeiro
A gente quer um canto sossegado
A gente quer um canto de sossego.
Estou pensando em casamento
Mas 'ainda não posso me casar
Eu sou rapaz direito
E fui escolhido pela menina mais bonita.


Perfil de Tia Edilamar no Orkut: Tia Edilamar Santangelo
Comunidade de Tia Edilamar no Orkut: Tia Edilamar



cantado por Li
cante você também:



*Esse layout é uma criação exclusiva de Li*